LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO | Esse espaço tem o objetivo de oferecer suporte didático democratizando o ensino da Biologia. Todo o conteúdo encontrado aqui (resumos, exercícios, textos etc.), poderá ser livremente baixado ou citado por professores, alunos, outros Blogs, sites, fóruns ou qualquer mídia de comunicação mediante informação da fonte: SILVA, F. R., Et al. . Eu Não Entendo Biologia. 2008; Tema: Biologia para o ensino médio. (Blog).Acessado em:__/__/2017.
NÃO RESOLVEMOS QUALQUER TIPO DE TRABALHO ESCOLAR OU UNIVERSITÁRIO.
Você que acessa e utiliza o site esteja ciente das informações acima aproveite e deixe um comentário.
Para se cadastrar como frequentador
CLIK AQUI

Pesquisar no Blog

Herança Quantitativa ou Poligênica - Questão Desafio

Por um acaso navegando pela net procurando questões interessantes sobre herança quantitativa, encontrei algumas pessoas pedindo ajuda na resolução de uma sobre esse tema no link aqui abaixo: Yahoo Respostas
Pelo que vi até o exato momento são 4 anos que essas pessoas estão com dúvidas na resolução dessa questão.
Eu a resolvi e dei uma modificada nela, porém o sentido e até mesmo o que era pedido de respostas continuam os mesmos, espero que gostem, lá vai a questão:

(UNIP-SP/ Adaptada Prof. Fabiano Reis) Duas variedades de milho, com alturas médias de 122cm e 182,8 cm, respectivamente, são cruzadas. A F1 é bastante uniforme, com média de 152,4cm de altura. De 500 plantas de F2, duas tinham apenas 121,9 cm e outras duas 182,8cm, tal situação é esquematizada na figura abaixo:
Dadas as informações acima responda: 

a) Qual é o número de pares de genes envolvidos na altura do milho? 

b) Quanto cada gene efetivo contribui para o aumento da altura do milho? 

c) Quantos e quais são os fenótipos que podem aparecer na geração F2 de milhos?


Obs: Coloque seu nome e e-mail para contato e sua resposta (explicando os passos) aqui abaixo no espaço destinado aos comentários. Aos acertadores vou sortear dois cadernos de revisões que ganhei do revendedor da Ed. Moderna um de matemática e um outro de química mostrado na figura ao lado. Só irão aparecer as respostas das pessoas que acertaram no dia 01/07/2012 e neste mesmo dia faço o anuncio de quem levou esse caderno de revisão. Abraços a todos e boa sorte.
Obs: Caso não haja acertadores irei sortear os cadernos de revisão para todos aqueles que tentaram e deixaram suas respostas no comentário aqui abaixo.
Sorteio Realizado

Para sortear usei todos os endereços de e-mails não repetidos e  em ordem de publicação de todos os participantes, pois não houve um acertador de todos os ítens somente a Marly, porém esta não deixou seu endereço de e-mail e assim ficou de fora do sorteio.
A lista com os e-mais dos participantes foi colocada no site: http://www.random.org que randomiza e coloca em ordem aleatória os endereços  colocados em uma lista numerada.
Em seguida cliquei em Randomize e os e-mails que apareceram na posição 1 e 2 ganharam. O númeo 1 ganhou o caderno de matemática e o número 2 ganhou o caderno de química (em destaque em verde).


Parabéns para os portadores dos e-mails larissamasshs@hotmail.com e carolinebalestrero@hotmail.com , já enviei um e-mail para vocês confirmando que foram os ganhadores. Aos demais obrigado pela participação e continue ligados no blog, pois em breve novos desafios e novos sorteios. Att. Fabiano Reis

29 comentários:

  1. Ciro S. Figueira (cirobio@gmail.com)
    RESPOSTAS:
    A)02 pares de genes (04 aditivos)
    B) Cada gene contribui com 15,2cm.
    C)1/16(182,2com); 4/16(167,6cm); 6/16(152,4cm); 4/16(137,2cm)e 1/16(122,0cm).

    ResponderExcluir
  2. Olá! Como sempre vivendo e aprendendo Biologia por aqui. Abraços! :-)

    ResponderExcluir
  3. Larissa Aline Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    A) (3-1): 2/2:1 gene
    B) 30,4cm
    C)122; 152,4 ; 182,8

    ResponderExcluir
  4. Larissa Aline Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  5. Bruna Camile Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  6. Carlos Henrique Maahs
    larissamaahs@hotmail.com
    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  7. Marcia Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  8. Hilda Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  9. Wigand Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  10. brunariffel_1995@hotmail.com.
    Bruna Riffel

    Como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  11. plastilarind@gmail.com.
    Diogo Riffel

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  12. plastilarind@gmail.com
    Maria Riffel

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  13. diogo.riffel@hotmail.com
    Diogo Riffel

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  14. plastilarind@gmail.com
    selézio riffel

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  15. samantha riffel
    plastilarind@gmail.com

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  16. plastilarind@gmail.com
    samantha riffel

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  17. brunariffel_1995@hotmail.com
    anderson hedrich

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  18. plastilarind@gmail.com
    rafael riffel porto

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  19. diogo.riffel@hotmail.com
    augusto luis kienen

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  20. diogo.riffel@hotmail.com
    henrique riffel

    como a proporção dos fenótipos externos é de 1/256 (2/500=1/250), que é aproximadamente igual a 1/256, devem existir 8 genes aditivos(2n=256), como a difrença entre a planta mais alta e a mais baixa é de 60,8 cm ( 182,8 cm - 122cm), cada gene contribui com 7,6 cm (60,8/8).

    ResponderExcluir
  21. a) Das 500 plantas na F2 duas apresentam uma altura de 182,8 e duas, uma altura de 121,9cm. O nº total de genes é obtido com a fórmula: 1/2 elevado a n Temos 2/500. Simplificando: 1/250. Para dar exato na fatoração, aproximamos para 1/256. Então 1/2 elevado a n = 1/2 elevado a 8. (n = nº total de genes)
    R. 4 pares de genes
    b) Calculando a variação entre as alturas extremas e dividindo pelo nº total de genes envolvidos, teremos a contribuição de cada alelo efetivo = 182,8 -122/8 = 60,8/8 = 7,6 cm
    c) 1ª numero de alelos + 1 = 8 +1 = 9 R..: 9 fenótipos diferentes.
    2ª : Como cada gene efetivo contribui com 7,6 cm, podem aparecer na geração F2 plantas com as seguintes alturas: 122cm 129,6 cm 137,2 cm 144,8 cm 152,4 cm 160 cm 167,6 cm 175,2 cm e 182,8 cm

    ResponderExcluir
  22. Questão desafio

    a) 2 pares : AA__ altura 122cm
    BB__ altura 182,8 cm

    b) 1/4 AA; 2/4 AB; 1/4 BB

    c) 3 fenótipos : plantas com altura AA 121,9
    plantas com altura BB 182,8
    plantas com altura AB

    ResponderExcluir
  23. Questão desafio

    a) 2 pares : AA__ altura 122cm
    BB__ altura 182,8 cm

    b) 1/4 AA; 2/4 AB; 1/4 BB

    c) 3 fenótipos : plantas com altura AA 121,9
    plantas com altura BB 182,8
    plantas com altura AB

    Obs: estou enviando de novo porque esqueci dos meus dados

    Nome: Amanda Caroline
    email: carolinebalestrero@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. Vou colocar minha resolução por ítem
    a) Qual é o número de pares de genes envolvidos na altura do milho?
    Podemos obter esse valor da seguinte forma:

    Utilizando a fórmula:
    Frequência de um fenótipo extremo = (1/4)^n

    Onde o valor de n é igual ao número de pares de genes envolvidos na herança, então:
    Utilizando os valores da questão:
    2 indivíduos entre 500 corresponde a freqüência de um fenótipo extremo, então termos:

    2/500 = (1/4)^n

    Resolvendo essa exponencial vai da ai aproximadamente n = 4
    ou seja a resposta seria 4 pares de genes envolvidos na altura da planta de milho.

    OBS: A pessoa tem que ser muito boa em resolução de exponencial e aplicar suas propriedades para achar esse valor dessa forma).

    A outra forma de achar o valor de pares de genes envolvidos é utilizando o triangulo de pascal sabendo que a frequencia dos fenótipos extremos é de 2 entre 500 então:

    2/500 = 1/250

    Ou seja, seria 1 em aproximadamente 250 indivíduos que corresponderia ao fenótipo extremo e observando o triangulo de pascal para saber qual linha corresponde ao total de individuos da proporção de 1 para 250 achamos a linha que corresponde ao total de 256
    Nª genes| Quantidade de indivíduos por fenótipo
    0|........... 1
    1|........... 1 1
    2|........... 1 2 1
    3|........... 1 3 3 1
    4|........... 1 4 6 4 1
    5|........... 1 5 10 10 5 1
    6|........... 1 6 15 20 15 6 1
    7|........... 1 7 21 35 35 21 7 1
    ______________________________
    8|........... 1 8 28 56 70 56 28 8 1 = 256 indivíduos

    Da um total aproximado de 8 genes envolvidos na altura do milho, ou seja, existem 4 pares de genes envolvidos na altura do milho.

    b) Quanto cada gene efetivo contribui para o aumento da altura do milho?

    Valor do gene aditivo = (fenótipo máximo - fenótipo mínimo ) / 2n
    Então:
    Usando a fórmula:
    Valor do gene aditivo = (fenótipo máximo - fenótipo mínimo ) / 2n
    Valor do gene aditivo = (182,8 – 122) / 2x4
    Valor do gene aditivo= 60,8/8
    Valor do gene aditivo = 7,6

    Ou seja cada gene contribui com 7,6cm

    c) Quantos e quais são os fenótipos que podem aparecer na geração F2 de milhos?
    Numero de fenótipos =2n+1
    Numero de fenótipos = 2x4 + 1 = 9 fenótipos.

    Sabendo que existem 9 fenótipos (isso poderia ser visto também em cada coluna do triângulo de pascal) e sabendo dos fenótipos máximos e mínimos
    Então os fenótipos de f2 são arvores de tamanho:
    122cm ; 129,6 cm; 137,2cm; 144,8cm; 152,4cm;160cm; 167,6cm; 175,2cm; 182,8cm

    Essa questão seria o que teria de mais difícil de cobrar em assuntos que abordam tal tema (Herança Quantitativa) por isso que coloquei aqui como desafio. Das pessoas que colocaram todas as opçoes corretas somente a Marly respondeu a todos, mas como não deixou e-mail para contato não teve como colocar no sorteio, então coloquei todos que tentaram, obrigado qualquer dúvida comentem ai, abraços.

    ResponderExcluir
  25. Que azar o meu. Coloquei o email para entrar e aí pensei que ficava registrado.
    Agora é tarde mas meu emai é marlymaga@hotmail.com

    ResponderExcluir
  26. Olá professor, já conferi que ganhei o livro de matemática, bom final de semana, meus dados já foram enviados para o seu email.

    Larissa Aline Maahs
    larissamaahs@hotmail.com

    ResponderExcluir
  27. Ei Professor. Fiquei feliz por ganhar :) vou enviar os meus dados por email. Obrigada!

    Amanda Caroline. (carolinebalestrero@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  28. Olá fabiano, estou aqui por dois motivos: para conhecer um pouco do seu trabalho/blog e também para convidar de forma especial, todos os Educadores que seguem e/ou visitam este blog tão acolhedor e informativo.
    Ontem, dia 01/07/2012, foi o lançamento oficial do espaço http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/.
    Peço que visitem este espaço, que leiam e caso gostem, participem!
    Fabiano, conto com sua participação especial neste novo projeto!

    ResponderExcluir
  29. Ah professor, eu queria um prêmio de consolação. Afinal acertei tudo. Sei que falhei quanto ao email mas eu mereço alguma coisa. Estudei muito para responder a esse desafio.

    ResponderExcluir

Atenção! Os comentários são para trocamos conteúdos, opiniões, dúvidas, elogios, críticas, sugestões etc., ou seja, é uma forma de interagirmos com você. Então deixe sua mensagem aqui abaixo, pois é nosso principal combustível para novas postagens.

QUESTÕES DE BIOLOGIA DE VESTIBULARES RECENTES CLIQUE AQUI PARA BAIXAR